22 de junho de 2024

Jutan Araújo

Sem Meias Verdades

Polícia Civil recupera combustíveis avaliados em R$ 3,3 milhões na RMS

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), desarticulou um laboratório, depósito e distribuidora de combustíveis adulterados, mantidos em um galpão no município de Dias d’ Ávila, na última segunda-feira (27). No local, foram apreendidos dez caminhões tanques e mais três tanques fixos, com 595 mil litros de combustíveis, entre diesel S10, gasolina e etanol, avaliados em R$ 3,3 milhões.

A ação, que teve o apoio da Coordenação de Operações / RMS do Depom, é um desdobramento de investigações realizadas pela 20ª Delegacia Territorial (DT / Candeias). Dois homens foram encontrados no galpão e autuados em flagrante. “Inquéritos instaurados na Delegacia de Candeias apuravam diversos furtos de combustíveis, ocorridos nas refinarias daquela região, cuja movimentação no local era monitorada por nossas equipes”, informa o titular da unidade, delegado Marcos Laranjeira.

De acordo com as investigações, os autores utilizavam técnica especializada para subtrair os combustíveis, a qual consistia em fazer um furo no duto, instalar uma válvula para extrair o produto, que em seguida era adulterado e posteriormente vendido para postos de combustíveis clandestinos, sem bandeira e a granel.

No galpão também foram encontradas máquinas de sucção, mangueiras, luvas, corante, placas de simbologia de combustível, amostras de tipos de combustíveis produzidos pelos criminosos, bem como um escritório com notebook, caderno de contabilidade e documentos. O material foi analisado por técnicos da Transpetro e demais empresas do setor petrolífero, com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar e do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Este é o segundo laboratório de combustíveis adulterados, estourado pela Polícia Civil, desde o começo do ano. O primeiro foi em Feira de Santana, em janeiro, pela equipe do Departamento de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (Draco).