4 de julho de 2022

Jutan Araújo

Sem Meias Verdades

Telegram de Sergio Moro é hackeado e compartilha conteúdo pornográfico

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, durante audiência Pública na comissão de constituição e justiça do Senado

Em 2019, Moro foi alvo de hackers que obtiveram conversas entre ele e Deltan Dallagnol

O pré-candidato a presidência da República, Sergio Moro (Podemos) teve o canal oficial no Telegram hackeado, na madrugada desta quarta-feira (3). O invasor ativou o perfil do ex-ministro da Justiça no aplicativo, sem sua autorização, e disparou conteúdos pornográficos, segundo afirma o portal ‘Metrópoles’.

Não foi a primeira vez que Moro teve o Telegram invadido. Em 2019, o ex-ministro foi alvo de hackers, que obtiveram acesso a mensagens de celulares de autoridades, como Deltan Dallagnol, ex-juiz e coordenador da Lava Jato.