3 de julho de 2022

Jutan Araújo

Sem Meias Verdades

Acampamento em frente à garagem da Rosa chega ao terceiro dia; transporte continua suspenso

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O transporte coletivo urbano em Feira de Santana ainda não está normalizado. A garagem da empresa de ônibus Rosa está bloqueada há três dias por moradores da zona rural, que montaram um acampamento em frente ao local como forma de protesto contra a retirada de quatro linhas de ônibus. Apenas os ônibus da empresa São João estão circulando, porém o Terminal Central está fechado e a integração está ocorrendo na Praça Dom Pedro II, mais conhecida como Praça do Nordestino.


Mesmo com a notificação feita por oficiais de justiça sobre a liminar que determina o imediato desbloqueio da saída dos ônibus, os manifestantes informaram que se manterão no local. Para o morador da Candeia Grossa, no distrito da Matinha, Valter Almeida, o comparecimento dos oficiais de justiça com o apoio de policiais militares só fortaleceu o movimento. Ele disse ao Acorda Cidade que depois disso, outros moradores aderiram ao movimento. 

“Toda vez que o povo é oprimido reforça a luta, e quem não estava vindo começou a vir ou a mandar alimento, a colaborar. Nem a chuva impediu o povo de participar ao relento. Aumentou ontem o número de pessoas com toda aquela situação que teve aqui das pessoas tentando tirar o povo no grito, aquilo motivou para que o povo viesse mais. Todo mundo sentiu orgulho da resistência do povo da zona rural. A gente também tem esse direito de ir e vir e queremos o retorno das linhas”, disse.