6 de julho de 2022

Jutan Araújo

Sem Meias Verdades

Secretário de Comunicação Institucional do governo Bolsonaro é demitido

Foto: Reprodução / Redes Sociais

Olavista, Felipe Cruz Pedri já foi assessor de Flávio Bolsonaro e Onyx Lorenzoni

O secretário de Comunicação Institucional do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Felipe Cruz Pedri, foi demitido nesta terça-feira (19). A sua exoneração foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com o site O Antagonista, o ex-secretário tem um histórico ligado à família Bolsonaro. Olavista e considerado seguidor entusiasmado de Filipe Martins, ex-assessor do presidente exonerado após fazer um gesto supremacista branco durante uma sessão do Senado, Pedri já trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro e também na Casa Civil, quando o ministro era Onyx Lorenzoni. Além disso, ele foi um dos autores do manifesto de fundação do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro tentou criar.

Foto: Reprodução

Com salário de R$ 17 mil, o ex-colaborador integrou a comitiva que viajou a Dubai para a “feira de negócios”. O ex-servidor passou oito dias nos Emirados Árabes Unidos, entre os dias 28 de setembro até 5 de outubro.